fbpx

Criando Astrócitos a partir de célula tronco

Um estudo publicado  Nature Methods mostra uma maneira melhor de criar astrócitos, um tipo de célula muito importante para os estudos de doenças neurodegenerativas. Como não é possível retirar neurônios de pacientes uma estratégia foi desenvolvida. O procedimento pode gerar astrócitos a partir de células-tronco embrionárias em apenas duas semanas, uma redução de tempo significativa em comparação com as técnicas anteriores.

Os astrócitos são células gliais, que suportam os neurônios e seu ambiente. Seu papel em desordens como demência e ELA só foi revelado nos últimos anos, e desde então tem sido sugerido que eles fazem mais do que apenas o trabalho de manutenção.

Dessa forma agora os cientistas também podem gerar células com mutações específicas, criando assim um modelo de doença que pode ser estudada in-vitro. Essa ferramenta conhecida como “disease model” pode ser obtida com procedimentos de edições de genomas como o sistema CRISPr.

Veja mais informações no video abaixo:

Os cientistas estão interessados ​​em aprender mais sobre doenças neurodegenerativas, e seu trabalho futuro investigará o papel dos astrócitos nesses distúrbios.

Veja mais do estudo pelo link: https://www.nature.com/articles/s41592-018-0103-2

 

4 de outubro de 2018

0 respostas em "Criando Astrócitos a partir de célula tronco"

    Deixe sua mensagem

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    Núcleo de Aprimoramento Científico
    X