fbpx

A Leptina e os Pericitos

A Leptina e os Pericitos

Você sabia que a leptina é responsável por controlar o centro da saciedade, ou seja sem ela você comeria praticamente sem sem perceber que está satisfeito. Aparentemente esse hormônio também desempenha um papel fundamental no crescimento de novos vasos sanguíneos em um processo chamado angiogênese que é responsável por reparar os tecidos após uma lesão. Por outro lado, ela também pode promover a progressão do câncer, já que fornece às células tumorais mais aporte sanguineo.

Juntamente com a leptina, os pericitos (ver imagem)  promovem a construção de novos vasos. Em um estudo recente,  publicado na revista Scientific Reports, cientistas da Universidade de Bristol viram que os pericitos produzem 40 vezes mais leptina em resposta a baixos níveis de oxigênio, promovendo a angiogênese a fim de aumentar a quantidade de sangue e oxigênio, atingindo os tecidos e órgãos, como o coração.

“Estes resultados revelam um novo mecanismo de sinalização que pode ter um impacto considerável e significativo na medicina regenerativa cardiovascular”, explicou o líder do projeto, Paolo Madeddu. “O aumento da leptina em pericitos em um coração danificado pode ajudá-lo devido a uma reparação tecidual mais rápida, enquanto o bloqueio da produção de leptina em pericitos cancerosos pode levar o tumor à morte já que o efeito inibe disponibilização de nutrientes”.

Esperamos que esse seja mais um caminho promissor de tratamentos nas áreas da cardiologia e oncologia.

Fonte imagem: Xvivo

Fonte: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/17212793

9 de janeiro de 2020

0 respostas em "A Leptina e os Pericitos"

    Deixe sua mensagem

    CNPJ: 23.298.851/0001-68 NACIENTIFICO - Cursos de Aprimoramento LTDA